fbpx

Redes Sociais: Quando e quanto investir?

Uma dúvida frequente em diversos clientes aqui da agência é sobre o investimento nas mídias digitais. Pensando nisso, resolvemos preparar esse artigo para que todas as suas dúvidas sejam eliminadas e você esteja pronto para trabalhar suas mídias sociais.

Ao longo desse texto, vamos entender um pouco do contexto e logo após partir para a prática

Brasil no meio digital

Gráfico de comportamento digital no Brasil e redes sociais.
Comportamento do Brasil no meio digital

Redes sociais mais usadas

Gráfico das redes sociais preferidas
Instagram lidera as redes sociais favoritas, logo atrás do Facebook e Youtube

Segundo o Social Media Trends, no Brasil, o crescimento foi de 16,9% entre 2017 e 2018 — crescimento observado no relatório, como podemos observar acima.

Por quê investir em redes sociais?

81% dos clientes realizam pesquisas online antes de fazer grandes compras., segundo o Retailing Today.

47% das empresas investem em marketing digital há menos de 1 ano (pesquisa realizada em 2018).

Ok, mas o que isso significa?

Oportunidade! A oportunidade de largar na frente da concorrência, de ser encontrado e acima de tudo a de ter mais um canal de vendas, sem depender que o cliente te encontra: Você encontra seu cliente.

Preciso investir para trabalhar as redes sociais?

Na verdade não, porém, o Facebook/Instagram e Youtube/Google são mídias, assim como a TV e rádio, quanto mais pagamos maior o alcance.

E é exatamente assim com as redes sociais.

Isso quer dizer que quanto mais eu investir maior o resultado?

Não! Existem diversos fatores que temos que avaliar antes de começar a trabalhar as mídias sociais ou investir em anúncios. Felizmente, até o final deste artigo você vai entender todos eles.

Alcance orgânico

Hoje, o Facebook tem uma entrege baixíssima para postagens orgânicas

Comparativo de alcance orgânico x Pago de uma página de 2.615 curtidas, 36.382 de alcance semanal e um calendário com 2 postagens por semana.

Claro que, este número varia de página para página e todos os critérios de avaliação que falaremos logo mais

E agora?

Por conta do excesso de conteúdo e usuários, o algoritmo do Facebook faz um trabalho de avaliação da sua página. Dentro dessa avaliação, existem coisas que ele e nós precisamos considerar:

-Horário de publicação

É preciso avaliar o melhor horário para impactar seu público, pense assim: Se seu público-alvo ou persona são empresários, que passam aproximadamente das 9:00 até às 18:00 produzindo e fazendo negócios, como você espera que ele dê atenção para a sua postagem que saiu às 15h?

Vale lembrar que isso são hipóteses, cada audiência se comporta e engaja de forma diferente, é preciso um longo processo de análise e testes para tirar conclusões de que isso se aplica a sua marca

-Qualidade do conteúdo

O conteúdo é relevante? Por que entre os milhares de conteúdos que recebemos diariamente o seu chama mais atenção, como ele gera valor para seu cliente em potencial?

Caso queira saber sobre tendências do design, temos o artigo Design Trends: Top 5 do Samuel.

-Engajamento das pessoas com a marca

O engajamento não se trata apenas de números! Podemos observar isso em clubes esportivos e páginas de humor, onde as pessoas querem saber o que está acontecendo, querem compartilhar o conteúdo, marcar amigos e fazer parte do dia a dia do clube ou marca.

Porém, os números importam… E muito! Eles nos ajudam a medir quais as melhores publicações, quais tiveram um impacto positivo ou negativo para a audiência e em quais podemos otimizar o anúncio

Otimizar: Criar condições favoráveis ao investimento, investir mais no que está dando mais resultado e diminuir o orçamento do que não está.

-Consistência do conteúdo

Quanto maior a consistência do conteúdo, maior os dados. O mesmo vale para os anúncios.

O Facebook aprende com nosso público, quanto maior a consistência e mais trabalhada, analisada e otimizada maiores são nossos resultados.

Então se eu fazer tudo isso certo vou ter resultado?

Na verdade não é bem assim.

É preciso ter uma estratégia por trás de uma campanha ou planejamento de conteúdo

conceito AIDA
Funil de vendas baseado na AIDA da descoberta até a compra

Podemos usar diversos Frameworks. funil de vendas e mecanismos para o processo, como podemos observar no conceito AIDA acima.

Mas eu nem tenho página! Como vou trabalhar minhas redes sociais?

As redes sociais funcionam em todas etapas, desde fortalecimento da marca, engajamento e até a conversão. Como iremos observar na prática a seguir.

Anúncios nas Redes Sociais na prática:

Ao entrar no gerenciador de anúncios você da com a seguinte tela:

Logo após, vamos apertar em criar e lidar com a seguinte tela:

Já na tela dos objetivos, podemos ver que temos campanhas para todas as etapas de um negócio.

Isso não deixa de ser um funil, do próprio Facebook que podemos utilizar como base nas o nossas campanhas.

Podemos observar os objetivos da campanha, logo após o público e por último e muito importante o criativo. A construção de anúncios é feita nessas 3 etapas:

Etapas da criação de um anúncio Facebook
Etapas de objetivo, conjunto de anúncios e anúncios

Campanha: Definimos o objetivo.

Conjunto de anúncios: Temoso público, posicionamento, orçamento e programação.

Anúncio: Definimos o formato, qual material/texto utilizaremos e temos uma pré-visualização do mesmo.

Quais os tipos de campanha?

Existem algumas campanhas base/genéricas que podem ser executadas e analisadas

1-Reconhecimento: Fortalecimento da marca, serviço ou produto

2-Envolvimento: Aumentar o número de pessoas engajadas nas redes sociais, site, blog ou loja

3-Conversão: Fechar vendas no site

4-Remarketing: Perseguir os clientes em potencial ou interessados em um determinado produto até o fechamento.

O que significa?

Desta forma, você pode criar campanhas para todas etapas do seu negócios, do reconhecimento, engajamento e até a conversão/compra.

As redes sociais são um mecanismo muito poderoso para o seu negócio, ela traz precisão com um investimento mais baixo que uma mídia tradicional.

E o Instagram?

Vale a pena impulsionar pelo Instagram? Quando e quanto investir nas redes sociais.

Caso você não saiba ainda, o Facebook, o Instagram e o Whatsapp pertencem ao Facebook de Mark Zuckerberg.

Graças a isso, os anúncios do Instagram podem ser feitos diretamente pelo Facebook, desde que ambas as contas estejam conectadas.

Mas eu vi o botão promover no Insta! Posso usar?

Sim, pode! Mas existem limitações de segmentação de público, entre outros fatores limitantes que tornam o gerenciador de anúncios uma opção mais completa.

Eu particularmente recomendo sempre fazer anúncios pelo gerenciador de anúncios, mesmo que seja para impulsionar uma publicação.

O botão de impulsionar do Instagram possui algumas limitações que não temos no gerenciador de anúncios, por isso, acredito que seja uma melhor opção.

Orçamento

O orçamento varia de acordo com as condições e a etapa do seu negócio. A indicação que podemos dar é começar testes com um valor menor de R$50,00 a R$200,00 em caso de pequenas empresas

Só isso?!

Sim, conforme os testes forem tendo resultados, podemos começar a aumentar a escala e consequentemente a verba.

Claro que, quanto maior o investimento maior os testes e o alcance

Para isso, é preciso ter uma certa experiência e prática na ferramenta e estratégias. Conte com profissionais de marketing qualificados para ajuda-lo em todas as etapas da sua campanha.

Conclusão

O que você precisa entender é que não existe resultado imediato, se alguém lhe prometeu resultados imediatos no Marketing digital é mentira.

Em resumo, alguns resultados demoram menos como outros, de fato, mas todas essas etapas de desenvolvimento levam tempo, testes e muito empenho.

Aqui na Agência Comunick nós te ajudamos em todas etapas: Da criação de conteúdo, estratégia de comunicação, criação de material, gerenciamento de anúncios e apresentamos relatórios do resultado/mês.

Seja um case de sucesso da agência comunick! Entre em contato

Forte abraço e até a próxima!

Matheus Luvier

Matheus Luvier

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email